segunda-feira, 29 de julho de 2013

Policiais civis realizaram paralisação nesta segunda-feira em SP




Categoria parou por duas horas por melhores condições de trabalho.
Secretaria da Segurança diz que policiais tiveram recomposição salarial.


 
Delegados e policiais civis de São Paulo realizaram uma paralisação em todo o estado na manhã desta segunda-feira (29). A categoria protesta contra as condições de trabalho. A paralisação, que começou oficialmente às 10h, deve se estender por um período de duas horas, segundo a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP).

Ainda de acordo com a associação, cerca de 80% dos mais de mil distritos policias paulistas participavam do ato e paralisaram temporariamente as atividades. Durante o protesto, a delegacias permaneceram com as portas abertas, mas os policiais não atendiam a população, informou a Globo News.

O aumento salarial é uma das reivindicações da categoria. Em entrevista coletiva concedida pela manhã na sede da ADPESP, no Centro de São Paulo, a presidente da associação Marilda Parsonato Pinheiro comparou o salário dos delegados de São Paulo, cerca de R$ 5 mil, com os do Paraná, onde o mesmo profissional recebe R$ 15 mil, segundo ela

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo disse que respeita qualquer tipo de manifestação. A pasta afirmou, porém, que os policiais civis de todo o estado tiveram recomposição salarial, na qual receberam 30% de aumento nos últimos dois anos.

A associação dos delegados alega que negocia com o governo há aproximadamente dois anos, mas que as conversas não avançam para melhorias. A ADPESP exige medidas concretas que valorizem os policias. Caso contrário, a categoria ameaça uma greve que teria início já no mês de agosto.

Do G1 São Paulo

0 comentários :

Postar um comentário