quarta-feira, 16 de abril de 2014

Segurança pública vive novo momento, aponta delegado regional

Aumento do efetivo e investimentos em equipamentos e viaturas, trazem nova motivação aos policiais
Antonio Carlos Videira, delegado regional em Dourados. Foto: Cido Costa
O setor de segurança pública vive um novo momento em Dourados, afirma o delegado regional Antonio Carlos Videira. Ele explica que a chegada de mais cinco delegados aliada aos investimentos em viaturas e equipamentos, trazem novas perspectivas para as ações de combate ao crime. A situação deve ficar ainda mais favorável a partir do segundo semestre, com a presença de novos agentes, escrivães e papiloscopistas que vão reforçar a Polícia Civil.


Videira afirma que a recente vinda dos novos delegados apresentou um cenário que permitiu a efetivação da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), trazendo também outros benefícios. “Além da Depac, que está com uma melhora significativa no atendimento à comunidade, os delegados que já estavam em exercício poderão se dedicar à conclusão de inquéritos e investigações, dando mais celeridade a estes processos”, disse.

O delegado lembra que tais fatores contribuem diretamente para o aumento na segurança. “Com os trâmites sendo realizados com agilidade, certamente a repressão ao crime será maior, resultando na prevenção de outros delitos, o que gera segurança ao cidadão”, relatou Videira ressaltando que antes, pela falta de efetivo, os delegados tinham que se desdobrar em várias funções, acarretando lentidão nas investigações.

“Tudo começava com a demora no atendimento, mas há muito tempo não temos esse tipo de problema. Há dois anos, desde que assumimos esta gestão, foram adotadas algumas medidas que facilitaram muito o trabalho policial. O primeiro passo foi difundir a Delegacia Virtual que pode ser usada para registro de ocorrências mais simples através da internet, sem a necessidade de estar presente no Distrito Policial”, disse.

Ele completa: “Para se ter uma ideia, boa parte das ocorrências registradas junto ao DP eram de extravio de documentos, e de fatos atípicos. Estes casos menos complexos foram redirecionados para a Delegacia Virtual, desafogando o atendimento. Agora, pessoas que foram vítimas de delitos graves, conseguem registrar os fatos com mais rapidez, aumentando as chances de um trabalho bem sucedido por parte da polícia”, explicou.
Melhorias

O delegado Regional Antônio Carlos Videira lembra que os douradenses sentirão uma diferença maior daqui há cerca de 30 dias. “Os novos delegados estão se habituando ao ambiente e logo a cidade vai notar a presença de seus trabalhos. Sinto que estão motivados, assim como os demais que agora terão mais tempo para concentrarem seus esforços em tarefas específicas, além de terem um descanso tranquilo. A partir de agosto, quando os aprovados no concurso da Polícia Civil forem efetivados, a repressão será ainda maior”, disse ele, destacando também a qualidade da polícia do município.

“Dourados possui uma das melhores equipes de policiais do Estado. Mesmo com efetivo menor que o número ideal, embora melhorando muito a cada dia, temos atingido importantes índices de redução de crimes, graças aos investimentos feitos pelo poder público, mas principalmente pelo esforço e dedicação de cada um dos policiais. A exemplo disto temos o Serviço de Investigações Gerais (SIG) que com méritos próprios, tem frequentemente anunciado a prisão de várias quadrilhas e outros criminosos”, completou.

http://www.douradosagora.com.br/dourados/seguranca-publica-vive-novo-momento-aponta-delegado-regional

0 comentários :

Postar um comentário