sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Modificações na carreira e aumento de 8% no subsídio estão entre ganhos. Propostas foram aprovadas na manhã desta terça-feira (2), em Palmas.




Policiais militares comemoraram aprovação de benefícios (Foto: Koró Rocha/AL)

As propostas que tratam de modificações na carreira e de subsídios da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Tocantins foram aprovadas na manhã desta terça-feira (2), durante sessão na Assembleia Legislativa (AL), em Palmas. Como são de autoria do executivo, a expectativa é de que em breve devem receber a assinatura do governador Sandoval Cardoso.

Entre os benefícios conquistados pelos militares estão o aumento de 8% no subsídio, que vale a partir do dia 1º de janeiro de 2016 e vale até 2018, e a uniformização do escalonamento vertical, que define a remuneração de cada patente, do soldado ao coronel. Conforme as propostas, as mulheres policiais também ficam enquadradas nessa distribuição.

As propostas aprovadas altera ainda a data para promoções da PM, que passou do dia 12 de outubro para 15 de novembro, feriado da Proclamação da República. O governo alegou que a mudança é necessária para evitar conflitos com a legislação eleitoral, que proíbe a concessão de benefícios no período das eleições. Logo, as duas datas para a realização das promoções são nos dias 21 de abril e 15 de novembro.

A promoção especial por tempo de serviço para praças da PM também foi modificada. Para que o soldado possa ser graduado para cabo, ele precisa agora de um período mínimo de quinze anos de atividade na corporação. De cabo para sargento são mais quatro anos, com um mínimo de dois anos na graduação. Para alcançar o posto de subtenente são necessários ao 1º Sargento, 24 anos de atividade na corporação.

Do G1 TO

0 comentários :

Postar um comentário