quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Rastreamento de viaturas começa a ser implantado em Mato Grosso do Sul.

Foto: Ilustração
Campo Grande (MS) – Com o objetivo de reduzir o tempo de espera dos usuários e aprimorar o controle de veículos pelas instituições, o Governo do Estado está implantando em 38 cidades de Mato Grosso do Sul, através da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), o sistema de rastreamento georefenciado de viaturas da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Coordenadoria Geral de Perícias e do Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

Ao todo são R$ 1,1 milhão em investimentos do Governo do Estado, para atender os municípios de Campo Grande, Três Lagoas, Dourados, Ponta Porã e Corumbá, e mais R$ 20 milhões em recursos do Enafron (Estratégia Nacional de Fronteira), desenvolvido pelo Governo Federal, através da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), que serão utilizados para implantar o sistema em mais 33 municípios localizados na faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul, com a Bolívia e o Paraguai.

Através do sistema controlado via satélite, que já é utilizado em grandes centros como Rio de Janeiro e São Paulo, todas as chamadas disparadas para os números 190 de emergência da Polícia Militar e 193 do Corpo de Bombeiros, são direcionadas para uma central que possui um programa de visualização em tempo real da localização de todas as viaturas, e assim despacha o atendimento para aquela que estiver mais próximo do local solicitado.

De acordo como secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, a implantação do rastreamento georeferenciado representa a modernização tecnológica da segurança pública e também um marco no controle das viaturas, que irá representar expressiva economia para o poder público. “Esse sistema também evitará a perda de rotas dos condutores de viaturas e de ligações dos usuários, que resultará em grande economia para o Estado”, destaca.

A previsão de conclusão das implantações é até a segunda quinzena de dezembro, de acordo com Rosângela Carneiro e Jaqueline Costa, coordenadora de tecnologia e analista de tecnologia da informação da Sejusp, respectivamente, que são responsáveis pelas instalações em todos os municípios beneficiados. “As centrais já foram readequadas e os equipamentos adquiridos, o que estamos efetivamente fazendo agora é encaminhamento dos materiais e a instalação as quais serão concluídas ainda nessa primeira quinzena”, garante Jaqueline.

Mapa de viaturas

Em Campo Grande será instalado no CIOPS (Centro Integrado de Operações de Segurança), um sistema de vídeo-wall, equipamento que será composto de nove telas de LCD de 50 polegadas cada uma, sobrepostas que irão formar uma grande parede de vídeo, com imagens do mapa de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul, mostrando a localização exata de cada uma das viaturas, paradas ou em movimento. Nos municípios do interior serão duas telas de 50 polegadas, com a visualização do mapa das áreas urbana e rural da cidade.

“Além de evolução tecnológica, esse sistema representa um grande avanço para a segurança pública, pois vai permitir o controle em tempo real das viaturas e equipes, propiciando economia de tempo e combustível, bem como eficiência do atendimento, o que é primordial para a população e também da fiscalização dos veículos e do trabalho do efetivo policial como um todo”, afirma o coronel Geraldo Garcia Orti, titular da Superintendência de Políticas de Segurança Pública da Sejusp.

(A imagem acima é do sistema de vídeo-wall do Amazonas)



Fonte: Sejusp

0 comentários :

Postar um comentário