segunda-feira, 3 de novembro de 2014

PM sofre infarto em teste físico para Sargento


O cabo da Polícia Militar Márcio Francisco Ferreira da Gama, 45 anos, segue internado em estado grave em um hospital particular de Belém. O militar sofreu um infarto na última quarta-feira (29), após realizar um teste de aptidão física para Sargento da PM.

O teste, no entanto, nem poderia ter sido autorizado pela Corporação e realizado pelo praça por dois motivos: o primeiro, pelo tempo de carreira de Márcio Gama. Segundo uma de suas filhas, após 15 anos de serviço como cabo, o militar deve ser automaticamente promovido a 3º Sargento. Por ter entrado na polícia em 1995, Gama já tem 19 anos de serviço e a promoção não ocorreu. Outros casos semelhantes seriam "comuns" e o Governo do Estado estaria sendo omisso ao não cumprir a lei e promover os trabalhadores da segurança.

No registro de Márcio Gama é possível ver a data de sua admissão, em 29 de agosto de 1995. Foto: Reprodução

Outro agravante na situação era o estado de saúde do Cabo Gama, como é conhecido. Recentemente, foi constatado, através de exames médicos, que ele estava com artérias entupidas e precisaria fazer um exame de angioplastia. Sua filha contou em entrevista exclusiva ao DOL que na própria junta da Polícia ele constava como inapto e, portanto, não deveria participar do teste.