sábado, 8 de novembro de 2014

Exército testa novo fuzil que substituirá o adotado há 50 anos

IA2 (verde, à frente) vai ser adotado pelo Exército após o término dos testes em 2014. O FAL (preto, ao fundo) é usado pela tropa há 50 anos (Foto: Tahiane Stochero/G1)

IA2 (verde, à frente) vai ser adotado pelo Exército após o término dos testes em 2014. O FAL (preto, ao fundo) é usado pela tropa há 50 anos (Foto: Tahiane Stochero/G1)

O Exército está testando um novo fuzil que irá substituir o FN FAL (fuzil automático leve), de projeto belga, usado pelos militares desde 1964. Considerado o primeiro totalmente desenvolvido e produzido pela indústria nacional, o IA2 foi desenhado pela Imbel (Indústria de Material Bélico do Brasil, vinculada ao Ministério da Defesa), possui 85 centímetros e pesa 3,34 quilos – mais leve que o atual.

Comandante do Bope diz que PM de Alagoas não quer ‘banho de sangue


Comandante do Bope diz que ação dos militares em operações foi correta (Foto: Jonathan Lins/G1)

O comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), coronel Do Valle, comentou, na manhã desta sexta-feira (7), a morte de sete suspeitos em três dias de confronto com a polícia em operações diferentes em Maceió. Em entrevista à Radio Gazeta, o coronel reafirmou a versão de que, em todos os casos, os militares foram recebidos a tiros pelos criminosos e revidaram para se defender.