sábado, 28 de fevereiro de 2015

PEC 300: A chama da esperança está acesa


Militares se reuniram com Daciolo em Brasília (DF). (Foto: Divulgação/ABSS)

Lideranças de todo o Brasil se reuniram, no mês de fevereiro, na cidade de Brasília (DF), onde deram novo impulso na luta pela PEC 300, proposta de emenda à constituição que, se aprovada, estabelece um piso salarial nacional para policiais e bombeiros militares. Em primeira votação, ela já foi aprovada na Câmara dos Deputados, mas, desde então, segue emperrada no Congresso Nacional por pressão de políticos governistas.

Fotos íntimas de PM feminina vazam e causam alvoroço nas redes sociais


Por Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Uma policial militar identificada como Dávila Rodrigues, da cidade de Pedrinhas, no estado do Maranhão, teve fotos e um vídeo com imagens de momentos íntimos divulgados na internet, após vazarem através do aplicativo Whats App.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Agentes de Segurança Pública fazem homenagem a colegas mortos em Dourados

SidneiBronka


Manifesto foi feito na Praça Antônio João, área central de Dourados

A Praça Antônio João, em Dourados, foi palco de um manifesto em homenagem aos membros da Segurança Pública que perderam as vidas em atividade. Guarda Municipal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e agentes penitenciários encampam a manifestação.

Essa homenagem aos membros da Segurança Pública acontece hoje em todo o Brasil. São lembrados agentes que foram assassinados em serviço.

Vítimas de um ataque brutal de indígenas no dia 3 de abril de 2006, os policiais civis Rodrigo Pereira Lorenzato e Ronilson Guimarães Bartier foram homenageados. Eles foram mortos por índios guarani-kaiowás na localidade de Porto Cambira, em Dourados.

Também foi lembrado o agente penitenciário Carlos Augusto Queiroz de Mendonça, assassinado a tiros na porta do presídio em que trabalhava em Campo Grande, no dia 11 de fevereiro passado.

Os agentes de Segurança Pública que compõem a mobilização vão percorrer algumas ruas de Dourados. (Com informações de Sidnei Lemos, o repórter Bronka)
Assista à homenagem:
http://www.94fmdourados.com.br/uploads/VID-20150225-WA0015.mp4

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Proposta garante a PMs o direito de serem representados por suas associações

A Constituição não permite que militares, policiais e bombeiros militares sejam sindicalizados. Por isso, eles formam associações

Gonzaga lembra que o Supremo Tribunal Federal já reconheceu a legitimidade de representação de associações de militares

A Câmara dos Deputados analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 443/14, que garante aos policiais e bombeiros militares o direito de serem representados, em questões judiciais ou administrativas, por suas associações. De autoria do deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) e outros, a proposta também garante a essas associações a mesma imunidade tributária já garantida pela Constituição aos sindicatos de trabalhadores.

Policial militar é acusado de execução após perseguição em SP



Imagens mostram que não há troca de tiros, apenas um homem dispara, o PM. Ouvidor da polícia de São Paulo diz que suspeito foi assassinado.


Um policial militar persegue suspeitos na Zona Lesta de São Paulo. As imagens mostram que não há troca de tiros, apenas um homem dispara, o PM.

“Ele não estava, com certeza, correndo risco de vida, o policial”, diz o ouvidor da polícia de SP Júlio César Fernandes Neves.

O homem baleado, morreu. Fabricio Rodrigues dos Santos tinha 23 anos. O PM foi identificado: é o soldado Diego Lopes Silva, de 30 anos, preso desde sexta-feira (20), acusado de execução.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

MPF quer levar o julgamento dos índios para São Paulo.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Projeto aumenta pena para quem assassinar policial

Em sua proposta, Subtenente Gonzaga também amplia a punição de quem praticar roubo com participação de menor de idade.
Em sua proposta, Subtenente Gonzaga também amplia a punição de quem praticar roubo com participação de menor de idade.
A Câmara dos Deputados analisa projeto de lei (PL 8258/14) do deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) que aumenta em 1/3 a pena para os homicídios dolosos (quando há intenção) contra agentes públicos e enquadra esse crime na lista dos crimes hediondos.

Atualmente, o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) já prevê a majoração em 1/3 das penas nos homicídios dolosos praticados contra menores de 14 anos e maiores de 60 anos.

Do ponto de vista do autor, o homicídio praticado contra o agente público – no exercício da função ou em razão dela – deve ter penalidade agravada “não só pela ousadia de quem assim age, mas pelo fato de atentar contra responsável pela difusão das culturas da paz pública e bem estar social”.

domingo, 15 de fevereiro de 2015

ONDE ESTÃO NOSSAS LEIS

PM rebate acusação de secretário que pode se configurar crime de calúnia

Villansanti quer que Valério Azambuja se explique judicialmente sobre declaração que envolveu PM

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Policia Militar -Governador promete reorganizar distribuição de efetivo na segurança pública

Reinaldo teve audiência com servidores nesta quinta-feira, na sede da governadoria. (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) prometeu, durante reunião com o Fórum Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul, que vai reorganizar a distribuição do efetivo da segurança pública. Recentemente, ele pediu a SAD (Secretaria de Administração) o recadastramento dos servidores com o intuito de identificar quais estão prestando serviço na função que foi lotado.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Deputado federal capitão Augusto retoma batalha pela PEC 300

capfala1

O Deputado Capitão Augusto apresentou nesta terça-feira o Requerimento nº 129, de 2015, para inclusão imediata na pauta do Plenário da Proposta de Emenda à Constituição – PEC nº 300/2008.

A PEC cria piso nacional para os policiais e bombeiros militares, fazendo justiça às categorias e resgatando a dignidade dos profissionais de segurança pública e assim retomando a batalha pela aprovação da PEC300.