domingo, 28 de junho de 2015

Policial Civil é morto a tiros na fronteira



O policial foi morto a tiros em frente a sua residência - Foto : Divulgação/A Gazeta News

O policial Nivaldo José de Almeida, foi morto a tiros no final da tarde desse domingo, dia 28 de junho, em Tacuru.
Segundo informações, o crime aconteceu em frente a casa da vítima quando o policial tentou prender o foragido da Justiça, José Osmar Freitas, o “Veinho”, de 27 anos, que é morador em Tacuru.
De acordo com as informações, indivíduos, entre eles “Veinho”, teriam brigado em um bar situado nas proximidades da residência do policial.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Quatro empresas disputam pregão para alugar viaturas à Polícia Militar

 
 
Quatro empresas participam do pregão realizado na manhã desta quinta-feira(25) para a locação de viaturas para atender a PM (Polícia Militar). No entanto, todas sugeriram valores superiores aos apresentados pelo governo do Estado. Outro ponto em comum foi que todas não enviaram os documentos conforme previsto em dois adendos ao edital 061/2015. Desta forma, a licitação foi suspensa e será retomada às 13h de hoje. Neste prazo, também há pedido para que os participantes façam propostas mais competitivas.

PM leva mordida ao prender rapaz e tem parte do dedo arrancada; imagem forte


A soldado foi atacada a mordida Foto: TVI Canal 21 / Reprodução
Extra
Uma soldado da Polícia Militar, lotada no 8º BPM (Campos dos Goytacazes), teve parte do dedo médio arrancada por uma mordida ao atender a uma ocorrência em São João da Barra, município do Norte Fluminense. O caso ocorreu no último domingo, dia 21. A agente e sua equipe foram acionadas para uma ocorrência na Rua São Benedito, no bairro Grussaí: um homem, de 38 anos, agredia seus pais dentro de casa. O suspeito foi contido, algemado e colocado na viatura. Segundo policiais, quando já estava sentado, ele atacou a soldado.

domingo, 21 de junho de 2015

Mulher fotografa corpo e é detida em velório de PM no Rio

Drielle Lasnor, 24 anos, foi velada e enterrada neste domingo em Sulacap.

Mulher, ainda não identificada, foi cercada por PMs e levada para delegacia;

Marido de Drielle Lasnor amparado pelo tio da policial carregando caixão da esposa. No outro lado, Friederik Bassani, comandante do 14 BPM, onde ela trabalhava (Foto: Cristina Boeckel / G1)Marido de Drielle Lasnor amparado pelo tio da policial carregando caixão da esposa. No outro lado, Friederik Bassani, comandante do 14 BPM, onde ela trabalhava (Foto: Cristina Boeckel / G1)


Uma mulher foi detida neste domingo (21), no velório da policial militar Drielle Lasnor de Morais, que aconteceu no Cemitério Jardim Sulacap, Zona Oeste do Rio, após ter fotografado o corpo dentro da capela. Ela tentou escapar, mas foi cercada por parentes, familiares e PMs que estavam no local. Drielle foi enterrada às 14h43 em clima de protesto e emoção.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Governo divulga resultado de exames dos concursos de soldados e Bombeiros


O Governo do Estado publicou nas páginas 2 e 3 do Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (15), o resultado dos exames de saúde, antropométrico e clínico realizados pelos aprovados e convocados para esta fase do Concurso Público de Provas para Ingresso no Curso de Formação de Soldado do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul.

Homem diz que matou a esposa PM após ver fotos de traição em celular


A policial militar Larissa Santos Velasco, de 21 anos, foi morta pelo seu companheiro. Gleizer Nunes Velasco, 27 anos, confessou ter matado a esposa e disse em depoimento à Polícia Civil de Leme (SP) que cometeu o crime após encontrar fotos de uma suposta traição no celular de Larissa.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Senado aprova projeto que transforma assassinato de policiais em crime hediondo


O plenário do Senado aprovou ontem (11) o projeto de lei que torna crime hediondo o assassinato de policiais civis, militares, rodoviários e federais, além de integrantes das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança Pública e do sistema prisional, seja no exercício da função ou em decorrência do cargo ocupado. O projeto foi encaminhado à sanção da presidenta da República.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Vereadora procura a polícia após ser apalpada por outro parlamentar em Dourados

Vereador Maurício Lemes foi denunciado por Importunação Ofensiva ao Pudor na Delegacia da Mulher

contato@94fmdourados.com.br
Sidnei Bronka

Vereadora Virgínia Magrini procurou a polícia para registrar queixa contra colega de parlamento

Vereadores de Dourados protagonizaram um evento escandaloso ao fim da sessão de segunda-feira (8) na Câmara Municipal. Enquanto eram feitas fotos com personalidades homenageadas pelo Legislativo, a parlamentar Virgínia Magrini (PP) teria tido as nádegas apalpadas pelo também vereador Maurício Lemes (PSB), conforme ela mesma denunciou.