segunda-feira, 20 de abril de 2015

Pec 300 não morreu


Policial não sai para matar, mas também não vai morrer’, diz comandante do Choque

Tenente-coronel Marcos Paulo, comandante do Choque. (Foto: Divulgação)
Tenente-coronel Marcos Paulo, comandante do Choque. (Foto: Divulgação)
O Coronel Marcos Paulo, comandante do BPChoque (Batalhão de Polícia de Choque), se posicionou a respeito da ocorrência da noite desta quarta-feira (15) quando Gabriel Carlos Albuquerque Santana (20) foi morto em confronto com policiais.

De acordo com o comandante, os fatos foram ocasionados por uma reação dos policiais a uma ação da vítima, que posteriormente verificou-se ter uma extensa ficha policial.