domingo, 19 de julho de 2015

Mulher ofende PM negro no DF ao ser pega com maconha: 'Sua cor diz tudo'

Ela disse que policial levaria cigarro para casa e o fumaria, afirma vítima.
Caso aconteceu em Santa Maria; suspeita foi levada ao Presídio Feminino.

Raquel MoraisDo G1 DF

FACEBOOK
Mulher flagrada com cigarro de maconha que teria ofendido militar negro em Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Flagrada usando drogas, uma mulher acabou presa no Distrito Federal por ofensas raciais ao policial negro que a abordou. "Você tem que se desfazer desse cigarro de maconha na minha frente, porque senão você vai levar para casa e vai fumar. A sua cor já diz tudo", teria dito ao policial. Ela também teria agredido e arranhado o pescoço de uma militar que tentou revistá-la. O caso aconteceu nesta sexta-feira (17), na região administrativa de Santa Maria.
Ela ficava: 'Tem crime mais grave acontecendo e vocês ficando atrás da gente aqui. Vou lá [à delegacia], vou sair antes de vocês, pela porta da frente, e ainda fumo um baseado na delegacia'. Estava de 'pirracinha'. Parecia que queria que a gente se alterasse, perdesse a razão"
Marcos Antonio Nogueira da Rocha,
soldado que testemunhou ofensas