sexta-feira, 31 de julho de 2015

2 de cada 3 policiais já perderam colegas assassinados durante a folga

68% dos policiais do país dizem ter colegas assassinados fora de serviço

Dado faz parte de estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.Maioria dos agentes relata falta de equipamentos e discriminação.


Policiais se despedem de colega assassinado em Aguaí, interior de SP, em outubro de 2014. Segundo pesquisa, quase 40% têm medo de morrer em serviço (Foto: Sagui Florindo/Gazeta de Aguaí)
Dois em cada três policiais do país dizem que já tiveram colegas próximos vítimas de homicídio fora de serviço. É o que mostra uma pesquisa feita pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e cujos resultados foram divulgados nesta quinta-feira (30), no Rio.

O percentual de policiais que tiveram colegas mortos fora do expediente (68,4%) é maior, inclusive, que o de profissionais que dizem ter perdido um colega assassinado em serviço (60,6%).

Ainda de acordo com o estudo, 74,7% dos agentes de segurança no Brasil dizem já ter sofrido ameaças durante o combate ou a investigação de crimes; mais da metade (51,4%) relata ter sofrido ameaças também fora do serviço.

Maioria da população diz ter medo da Polícia Militar, aponta Datafolha



Foto: Roberto Pereira/SEI
Pesquisa do instituto “Datafolha” divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” nesta sexta-feira (31) apontou que 62% de moradores de cidades com mais de 100 mil habitantes têm medo de sofrer algum tipo de agressão de policiais militares. A pesquisa também mostrou que 53% temem agressão de policiais civis.