sábado, 12 de novembro de 2016

Lei de Renato Câmara para segurança pública é aprovada


Deputado Renato Câmara. Foto: Toninho Souza

Mato Grosso do Sul conta, a partir de agora, com a Lei 4.933, de autoria do deputado Renato Câmara (PMDB), que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado a Semana de Segurança Pública, que deverá ser comemorada de 15 a 21 de abril de cada ano. Para marcar a data, o governo deverá promover ações para discutir e disseminar as políticas de aprimoramento da atividade policial e de gestão de segurança.

sábado, 5 de novembro de 2016

DIA DO ESCRIVÃO DE POLÍCIA

Resultado de imagem para escrivao de policia
Hoje, é celebrado o Dia do Escrivão de Polícia, profissional responsável por dar cumprimento às formalidades processuais da Polícia Judiciária. É o escrivão de polícia quem lavra os autos, termos, mandados, portarias, ordens de serviço e demais atos de ofício. A principal atribuição desse profissional é dar cumprimento aos despachos da Autoridade Policial.

Segurança aponta redução no número homicídios dolosos em MS

Campo Grande (MS) – Dados do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (3), apontam que Mato Grosso do Sul está entre os estados da Federação que apresentam queda nos índices referentes aos crimes letais intencionais (homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida por morte).

De acordo com os números publicados, houve uma redução de 7,8% em relação ao número de vítimas e ocorrências de homicídios dolosos. No caso dos latrocínios – roubo seguido de morte -, apresentaram incidência ainda menor, uma queda de 15,3%. Já em relação às ocorrências de lesão corporal seguida de morte, os índices apontam uma redução de 25,9%.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Promotor investiga inexigibilidade de licitação para contratar Sigo


O contrato é de R$ 36 milhões
Joaquim Padilha

Resultado de imagem para sigo ms acesso

Uma investigação foi instaurada pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) para apurar eventuais irregularidades no procedimento da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) que resultou na contratação de empresa para operacionalizar o SIGO (Sistema Integrado de Gestão Operacional), por R$ 36,4 milhões.

A contratação da empresa Compnet Tecnologia Ltda foi feita com inexigibilidade de licitação. A empresa deverá prestar pelos próximos quatro anos os serviços de “suporte, manutenção legal, preventiva, corretia, evolutiva e treinamento operacional SIGO; SIGO CADG (Computer Aided Dispatch Georeferecend); CCC (Sistema de Central de Comando e controle); e contratação de Banco de UST’s (Ujnidades de Serviços Técnicos)” para a Sejusp.