segunda-feira, 13 de junho de 2016

ACS propõe gratificação para policiais que atuam nas fronteiras



Edmar se reuniu com o adjunto da Sejusp. (Foto: João Garrigó)

O presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, se reuniu esta manhã com o secretário-adjunto da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), delegado Antônio Carlos Videira, e oficializou a proposta da criação da Gratificação Especial de Serviço de Fronteira aos profissionais da segurança pública que trabalham nos municípios fronteiriços com Paraguai e Bolívia.

Na reunião, Edmar entregou ofício com a proposta feita pela entidade. Nela, o presidente reitera a necessidade do adicional, uma vez que Mato Grosso do Sul é um dos principais corredores de entrada da droga que circula no País, e enumera dados sobre as fronteiras e o efetivo empregado nas cidades próximas à região fronteiriça.