quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Presidente e diretor Regional da ACS recebem a “Medalha Coronel PM Adib Massad”


O presidente da ACS (Associação e Centro Social da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, e o diretor Regional da Entidade em Dourados, Aparecido Lima, foram agraciados com a “Medalha Coronel PM Adib Massad”.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Dourados tem dez PMs para cuidar de 210 mil pessoas

No final, sobram apenas 10 policiais militares para compor equipes de 4 rádiopatrulhas (Foto: Hédio Fazan)

No final, sobram apenas 10 policiais militares para compor equipes de 4 rádiopatrulhas (Foto: Hédio Fazan)

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul alertou ontem que o 3o Batalhão da Polícia Militar de Dourados tem apenas 10 policiais para o serviço de rádiopatrulha por dia, que é o policiamento ostensivo que cabe à PM. Pelos números da associação, isso ocorre porque de um efetivo total de 350 homens, apenas um terço fica em serviço no sistema de plantão 24h por 48h, o que reduz o total de policiais atuando para apenas 117. "São quatro unidades de rádiopatrulha por dia, o que dá uma viatura para cada grupo de 53 mil habitantes", alerta Edmar Soares da Silva, presidente da ACS Estadual.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Medalha Coronel Adib Massad vai homenagear representantes da segurança


O evento acontece no dia 09 de novembro, no Rubens Gil de Camilo

Resultado de imagem para medalha cel adib massad

Alguns profissionais que serviram e servem a segurança pública de Campo Grande e do Estado de Mato Grosso do Sul serão homenageados com a “Medalha Coronel PM Adib Massad”. O evento será no dia 09 de novembro de 2017, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo, no Auditório Germano Barros de Souza. 

O projeto de autoria do deputado estadual Coronel David (PSC) foi aprovado e lei foi sancionada há dois meses. A proposta prevê reconhecer policiais e pessoas da sociedade civil que beneficiaram a segurança do Estado e da capital. 

“Como sou representante da segurança pública na Assembleia Legislativa, acredito ser necessário criar algo para homenagear uma das pessoas mais importantes no combate a criminalidade no Estado, o Coronel Adib”, disse o parlamentar. 

Além do coronel Adib, outros homenageados do deputado serão Coronel Joseli Paes de Carvalho. “Vou homenagear gente antiga que trabalhou com coronel Adib”, disse David. 


O policial rodoviário Federal, José Rosa, o delegado da Polícia Federal, Edgar Marcon – que atuou em parceria com o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em Ponta Porã, no combate ao tráfico de drogas – delegado da Polícia Civil e chefe do Grupo de Operações Especiais (GOE), Licinio de Almeida e o primeiro comandante-geral do Corpo de Bombeiros, José Pouso Sallas também serão homenageados pelo deputado David. “Será um grande evento e cada deputado terá oportunidade de homenagear representantes que escolherem”, finalizou o parlamentar. 

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Policiais Militares entram em residencia em chamas e salva 3 crianças em Rio Brilhante

POR: Maikon Junior 

siteeee
Soldados Evellin, Chaparro e Santana, que se arriscaram para salvar 3 crianças e um animal de estimação que estavam no interior da residencia em chamas.

Durante um incêndio ocorrido no início da noite desta segunda-feira (30), em uma residencia policiais militares arriscaram a própria vida para salvar crianças e animais que se encontrava no interior da residência em chamas.

domingo, 29 de outubro de 2017

Vetado projeto que libera porte de armas para agentes de trânsito

 
O projeto foi aprovado no Plenário do Senado em 27 de setembro, sob o acompanhamento dos agentes de trânsito
Marcos Oliveira/Agência SenadoO projeto foi aprovado no Plenário do Senado em 27 de setembro, sob o acompanhamento dos agentes de trânsito
Marcos Oliveira/Agência Senado


O presidente da República, Michel Temer, vetou na íntegra o projeto de lei que permite o porte de arma de fogo em serviço por agentes da autoridade de trânsito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios que não sejam policiais, além dos guardas municipais.

De autoria do ex-deputado federal Tadeu Filippelli (PMDB-DF), o projeto vetado altera o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003).

A proposta estabelece algumas exigências para a concessão de porte de arma de fogo aos agentes de trânsito. Uma delas é a comprovação de capacidade técnica e aptidão psicológica para o uso da arma.

domingo, 22 de outubro de 2017

PM compra 6 mil metralhadoras com defeito.


Informação está no documento oficial da corporação divulgado no site da Assembleia Legislativa. PM pagou R$ 30 milhões por armas compradas em 2011.



Lote de submetralhadoras SMT-40 da Taurus apresentou problemas, segundo a PM (Foto: Reprodução/site da Taurus)

A Polícia Militar (PM) de São Paulo soube do defeito no lote de 6 mil submetralhadoras Taurus somente em 2013, dois anos após comprá-las por R$ 30 milhões em 2011. A informação foi publicada recentemente na página da Assembleia Legislativa do Estado na internet em resposta a um pedido de informação de uma parlamentar.

sábado, 21 de outubro de 2017

Corpo de Bombeiros Militar promove 62 novos cabos bombeiros militares



Campo Grande (MS) – Na manhã desta sexta-feira (20) foi realizada no Quartel do Comando Geral formatura de 62 novos cabos bombeiros militares. O Curso de Formação de Cabos/2017 teve início no dia 26 de junho e foi realizado nas modalidades presencial e Educação à Distância – EAD, conforme previsto em seu currículo.

Foram realizadas disciplinas como Legislação Bombeiro Militar, Relação de Gênero, Combate ao Racismo e Homofobia, Educação Física Militar, Atualizações Profissionais em Atendimento Pré-Hospitalar, Combate a Incêndio Urbano e Incêndio Florestal, Salvamentos, Atendimento com Produtos Perigosos, Prevenção e Proteção Contra Incêndio e Pânico, entre outras.

Os três primeiros colocados na classificação geral do curso foram, respectivamente, cabos Grasiella Almeida Tabosa, Allison dos Santos Petrini e Ariane Machado Silva Martins.

O evento contou com a presença do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, do comandante-geral, coronel Esli Ricardo de Lima, dos deputado estaduais, Rinaldo Modesto e Lídio Lopes, entre outras autoridades civis e militares.


quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Proposta do Executivo cria centro de ressocialização para militares em MS



O Poder Executivo encaminhou à Casa de Leis nesta terça-feira (10), o Projeto de Lei Complementar (PLC) 10/2017 que cria, na estrutura da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, o estabelecimento penal militar denominado Presídio Militar Estadual (PME), Centro de Ressocialização Fidelcino Rodrigues (Sargento Baiano), localizado no município de Campo Grande.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Aprovadas mudanças no sistema de gratificação de policiais em Pernambuco

A Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou, ontem (4), o Projeto de Lei Nº 1596/2017, de autoria do Poder Executivo, que reformula o modelo de gratificação aplicado no Pacto Pela Vida, em execução há dez anos. O texto do projeto prevê uma bonificação para policiais civis e militares que superarem metas e alcançarem bons resultados nas ações de combate à violência.

Mulher é assassinada a facadas pelo ex-marido dentro de viatura policial

Laís Andrade Fonseca trabalhava como atendente e descobriu que o ex estava a vigiando com uma câmera escondida / Foto: reprodução/Facebook
Laís Andrade Fonseca estava a caminho de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, para registrar denúncia contra o ex-marido quando foi atacada dentro do carro da PM. Os dois estavam juntos no banco de trás da viatura.

A atendente Laís Andrade Fonseca chamou a polícia após descobrir que o ex-companheiro, de 34 anos, tinha instalado uma câmera dentro de sua casa, no município de Pavão. 

Ela foi até o quartel da polícia e registrou a denúncia. A câmera estava instalada no banheiro da sua casa e as imagens eram gravadas em tempo real. De acordo com o boletim de ocorrência, Laís temia que o ex-marido divulgasse imagens dela e de seu filho, de 8 anos.

domingo, 1 de outubro de 2017

Prisão de sargento do Batalhão de Choque provoca revolta na tropa

Confusão começou com acidente que envolveu amigo do policial, na sexta-feira

Confusão aconteceu nesse trecho da rua que é continuação da Panambi Verá. (Foto: reprodução Google Maps)
Confusão aconteceu nesse trecho da rua que é continuação da Panambi Verá. (Foto: reprodução Google Maps)
O sargento da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Éder Queiroz Gomes, de 35 anos, lotado no Batalhão de Choque, está preso desde a tarde sábado (30), sob a acusação de ameaça a um comerciante. A prisão em flagrante foi feita em uma lan-house na rua Alberto Carlos de Mendonça Lima, no Jardim Tijuca, em Campo Grande, onde o policial estava junto com outros dois colegas, fardado e em uma viatura policial. Ao seu favor, o sargento tem a tropa, que, por meio da entidade que representa a classe e ainda de policiais que procuraram o Campo Grande News, afirmam que a prisão foi arbitrária, que a suposta vítima fez ameaças e disse ter influência com gente de alta patente da PM.

O local onde o policial foi preso pertence a Franklin Nunes Martins, 26 anos, que acionou o Ciops (Centro de Integração e Operaçãoes) alegando estar sendo ameaçado. Segundo Franklin, o sargento foi ao local para tirar satisfações em nome de um amigo, identificado como o comerciante Eraldo Gomes Patrício Junior, 27 anos, depois de um acidente de trânsito, na semana passada. Franklin estava de moto e Eraldo de carro quando ocorreu uma colisão, sem maiores danos, mas que provocou toda a confusão.

Policial encontrado morto em posto pediu à PM para não trabalhar sozinho

Sepultamento foi realizado na tarde deste domingo (Foto: Marina Pacheco)

Sepultamento foi realizado na tarde deste domingo (Foto: Marina Pacheco)

O sargento Agustinho Marques do Amaral, 48 anos, morto na manhã de sábado (30) no pelotão da PM (Polícia Militar), no bairro Nova Lima, em Campo Grande, havia solicitado à corporação para não trabalhar sozinho. Quando Agustinho morreu não havia mais ninguém no posto policial.

Agustinho, que foi sepultado na tarde deste domingo (dia 1º) no Memorial Park, salvara uma bebê em maio do ano passado no mesmo local onde morreu. A trágica coincidência poderia ter sido evitada caso pedido feito pelo policial tivesse sido atendido.

Conforme o irmão de Agustinho, o gerente Émerson Marques do Amaral, 38 anos, o policial havia solicitado para não trabalhar sozinho. “Ele tinha medo de muitas coisas: de ser atacado e morto, porque no posto tem muitas armas; de ter que atender outro caso como a do bebê...”, contou Émerson.

Ainda de acordo com o gerente, a PM negou pedido, alegando pouco efetivo.
Colegas de farda, que pediram para não ser identificados, disseram ao Campo Grande News que é comum policial ficar sozinho no posto. Eles acrescentaram que, no dia da sua morte, Agustinho teria ficado apenas 20 minutos desacompanhando.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Proposta quer liberar militares de MS para promoção enquanto respondem a processo

Mudança em regra de aposentadoria também foi apresentada

Deputados aprovaram em primeira votação nesta terça-feira projeto de lei do Executivo que muda as regras para promoção de policiais militares e bombeiros de Mato Grosso do Sul. A proposta prevê que militares que estiverem respondendo a processo possam ser submetidos a promoção na carreira, situação vedada atualmente.
Autor de indicação que baseou projeto do Governo, Coronel David (PSC) explica que a mudança na regra fará com que o “bom policial seja privilegiado, e aquele que desabone a categoria não seja promovido”.
O deputado citou o exemplo de um policial que durante uma abordagem atirou nas pernas de um suspeito. Por regra, a conduta do PM se transformou em um processo crime e fez com que aquele militar ficasse impedido de participar de processo de promoção pelo período de três anos.
Com a aprovação do projeto, os militares poderão ingressar no quadro de acesso para fins de promoção enquanto forem réus em procedimentos abertos para apurar a conduta durante ou fora do trabalho

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Apenas 30% do efetivo PM está atuando nas ruas em Dourados durante manifesto

Aquartelamento deve durar até às 7h de sábado com somente cinco viaturas atuando na maior cidade do interior de MS

(Foto: Flávio Verão)

Apenas 30% do quadro de policiais militares efetivos estão em atuação nas ruas da maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul após aquartelamento desta sexta-feira (01). Em Dourados, agentes do 3° Batalhão e Cavalaria da PM estão cumprindo programação de manifesto durante 24h em reivindicação ao reajuste de 7% no salário.
Apenas policiais oficiais e comissionados estão disponíveis para atender a demanda de solicitações no serviço de atendimento do 190, que está operando normalmente durante o movimento.
O líder da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar) em Dourados, Aparecido Lima, contou que os manifestantes estão sendo ameaçados de prisão, de exclusão à curso de cabos e soldados e de serem até tranferidos para outras localidades em decorrencia ao protesto. Ele afirma que apesar das ameaças, o movimento deve continuar até a manhã de sábado.
Foram liberadas apenas cinco viaturas para circular em Dourados durante o policiamento reduzido, e demais veículos da frota estão sendo impedidos de saírem do batalhão.

domingo, 20 de agosto de 2017

Agentes de trânsito cobram renovação de bafômetros


A PRF tem 1.800 bafômetros para todo o País, sendo que apenas mil deles estão sendo usados. Os demais precisam de manutenção

Representante do Inmetro informou que órgão analisa atualmente seis pedidos de homologação feitos por fabricantes, mas ressaltou que instrumentos só serão liberados se cumprirem requisitos exigidos

A PRF tem 1.800 bafômetros para todo o País, sendo que apenas mil deles estão sendo usados. Os demais precisam de manutenção.

Em audiência pública da Comissão de Viação e Transportes, deputados e agentes de trânsito cobraram na terça-feira (15) a renovação dos etilômetros, nome técnico dos chamados bafômetros, os aparelhos que medem a quantidade de álcool no sangue no motorista.

domingo, 13 de agosto de 2017

PM aquartela a partir de sexta dia 18.


Depois da ameaça de greve dos professores da rede estadual, durante a negociação salarial, a ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) informou que o aquartelamento é uma possibilidade, caso a contraproposta do governo do Estado para o reajuste salarial não agrade a categoria.

Como não podem fazer greve, o aquartelamento é a medida adotada pelos policiais. Eles ficam dentro dos batalhões sem realizar os trabalhos ostensivos de forma total. De acordo com a ACS, uma assembleia será realizada na próxima semana. Ficou decidido que a próxima sexta-feira (18), será o prazo final para uma contraproposta do Governo sobre o reajuste salarial da categoria.

“A categoria está insatisfeita não só com a proposta dada à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros, mas também com o tratamento desigual dado a outras categorias, o que nunca aconteceu. Uma medida mais radical pode ser definida na assembleia, mas quem decide é a tropa. A participação de todos os policiais, de soldado a coronel, é de suma importância”, infor mou o presidente da entidade, Edmar Soares da Silva, por meio de nota.Conforme a ACS, o governo do Estado ofereceu um reajuste linear de 2,94% para todo o funcionalismo público, inclusive policiais militares e bombeiros, a partir de outubro. A proposta desagradou os representantes dos militares, pois, no ano passado, o Executivo havia se comprometido em implantar a política de verticalização salarial da categoria.


Pela proposta elaborada pela ACS, o soldado em início de carreira deveria a receber, até 2018, 20% do que ganha um coronel do mesmo nível.

sábado, 12 de agosto de 2017

'Cadê a reforma criminal?', questiona secretário em enterro de mais um PM no RJ

Roberto Sá voltou a pedir mudanças na legislação para reduzir criminalidade no Rio. Com mais 3 assassinatos em 24 horas, chega a 97 número de PMs mortos em 2017.
Por G1 Rio

Secretário de Segurança do Rio fala sobre morte de PMs 

O secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, foi neste sábado (12) ao enterro de um dos três policiais militares mortos em menos de 24 horas, o soldado Samir da Silva Oliveira, de 36 anos. Após a cerimônia, Sá voltou a pedir mudança na legislação criminal brasileira e lamentou o número de 97 PMs assassinados em 2017 no estado. 

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Policia Militar inicia a campanha “Agosto Lilás” em Dourados.

Solenidade de abertura da campanha no Teatro Municipal de Dourados - foto: AsseCom 3º BPM/ Divulgação.

O Projeto Mulher Segura que é coordenado pelo comando do 3º Batalhão de Policia Militar de Dourados e é referência nacional no que se refere apoio a mulheres vítima de violência, deu o ponta pé inicial a campanha "Agosto Lilás", voltado para combater a violência contra a mulher, situação que atinge índices alarmantes no Brasil e é considerado, legalmente, um crime específico, seja quem for o autor.

Em solenidade de lançamento da campanha ocorrida hoje(9) no Teatro Municipal de Dourados, o comandante do 3º BPM recebeu a tropa com mais de 150 policiais para que fosse iniciado os trabalhos alusivos à campanha.

Em Dourados, a Policia Militar realizará blitzes educativas, palestras e atendimento ordinários voltados a mulheres vítimas de violência.

domingo, 6 de agosto de 2017

Policial Militar é destaque em Fórum realizado pelo Governo do Estado sobre “Gestão de Mudança


 
 
 

 
O Governo do Estado realizou na quinta-feira (03/08) a quarta edição do Fórum de Processos com a temática “Gestão da Mudança”. A iniciativa contou com palestras e a presença de servidores do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul que lideraram iniciativas de melhorias de processos. O presidente da Associação de Oficiais Estaduais de MS (AOFMS), coronel PM Alírio Villasanti Romero, e o Assessor Militar do DETRAN, tenente-coronel PM Franco Alan prestigiaram o evento.
 
Na ocasião, esteve em destaque a palestra “Informatização das Ocorrências de Acidente de Trânsito” apresentada pelo soldado da PMMS, Paulo Henrique da Silva Leite, que ganhou o 3º lugar no XI Prêmio sul-mato-grossense de Inovação na Gestão Pública, em 2016. Na época o comandante do 17º Batalhão de Trânsito da PM era o tenente-coronel Tolentino e o subcomandante era o então major Franco Alan, grandes incentivadores do projeto feito em parceria com o DETRAN.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Comando da PM fecha o cerco contra 'bicos' ilegais e policiais reclamam

« prev

O Comando-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul quer coibir uma prática ilegal comum para alguns policiais: os bicos nos horários de folga. Nesta terça-feira (1), os comandantes de todas as unidades receberam uma circular com ordem para fiscalizar e coibir as atividades remuneradas fora da corporação. O documento manda aplicar as sanções previstas a quem for flagrado.

O debate sobre os bicos ilegais é antigo. A prática, no entanto, não tem nenhum amparo legal. "Quem faz bico, acaba privatizando a segurança pública. Todos os policiais, quando fazem o concurso, aceitam a dedicação exclusiva. Não tem meio termo. É um ato ilegal, e, policial bom, é policial que não faz nada ilegal", resume um oficial com mais de 20 anos de Polícia Militar.

Segundo ele, a prática está ligada à cultura do 'jeitinho brasileiro', e foi durante muito tempo incentivada até pelos oficiais. "Tem gente que fez fortuna organizando grupos de segurança privada com os praças mais próximos. É uma relação promíscua e prejudica de muitas formas. O pior, é que poucos têm coragem de peitar. Quem é contra, apesar de estar certo, é taxado de linha dura, caxias", explica.

sábado, 15 de julho de 2017

Policiais desmontam acampamento, mas mantêm briga por reajuste salarial

Policiais civis de Mato Grosso do Sul definiram em assembleia geral, neste sábado (15), suspender o acampamento instalado há 40 dias em frente à sede da governadoria, no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

A categoria vai receber reajuste salarial de 7%, a partir de agosto, mês que vem, percentual que já era previsto em lei criada ainda na gestão do ex-governador André Puccinelli, do PMDB, em 2014.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Agente penitenciário de MS poderá comprar e portar arma fora do horário de trabalho

Agente poderá comprar uma arma de fogo de uso restrito. Pedido deverá ser feito a Agepen e depois ao Exército e passará por uma série de análises.

Por Anderson Viegas, G1 MS
Portaria da Agepen autoriza agentes penitenciários estaduais a comprarem e terem porte de arma para defesa pessoal (Foto: João Garrigó/Sejusp) 

Para defesa pessoal, agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul vão poder comprar e portar arma de fogo fora do horário de trabalho. A autorização foi concedida por meio portaria da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), publicada na edição desta quinta-feira (13), do Diário Oficial do estado.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PM e vigilante são mortos por ladrões de banco em Santa Margarida; veja vídeo

O cabo Marcos Marques da Silva morreu com um tiro de fuzil na cabeça. Já o vigilante do Banco do Brasil, que ainda não teve identidade revelada, chegou a receber os primeiros socorros, mas também morreu no local. Duas pessoas foram levadas reféns

 Simon Nascimento * /Jornalismo


Uma tentativa de assalto às agências do Banco do Brasil e da Sicoob terminou com um policial e um vigilante mortos nesta manhã em Santa Margarida, na Zona da Mata de Minas Gerais, a 257 quilômetros de Belo Horizonte. 
Segundo informações da Polícia Militar, um grupo de oito criminosos armados com fuzis atirou contra as agências na tentativa de abrir os caixas eletrônicos. 

Na cidade, havia apenas dois militares no momento da ação. Os PMs foram até o local e trocaram tiros com os criminosos. O caboMarcos Marques da Silva, de 36 anos, foibaleado e morreu na calçada de uma das agências, quando o grupo fugia em uma caminhonete Toro, de placa PYS-6660, levando dois reféns. 


O vigilante Leonardo José Mendes, que não teve a idade informada, chegou a receber os primeiros socorros, mas morreu no local com graves ferimentos. Um segundo vigilante foi ferido e levado para o hospital de Manhuaçu. Os dois homens trabalhavam no Banco do Brasil.

As vidraças dos terminais foram destruídas. O carro foi localizado nas proximidades da cidade, no córrego São Paulo, em São João do Manhuaçu, também na Zona da Mata. Os reféns foram liberados. Segundo a PM, os criminosos fugiram em um Gol, após abandonar a caminhonete.

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/07/10/interna_gerais,882534/pm-e-vigilante-sao-mortos-por-ladroes-de-banco-em-santa-margarida.shtml

sábado, 8 de julho de 2017

Após 30 anos em combate, policiais são escoltados por batalhão e entregues à família


Após 30 anos de serviço, o sargento Luiz Morais da Costa vestiu a farda da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul pela derradeira vez nesta semana. Pela última vez em serviço, ele saiu do 10º Batalhão da Polícia Militar e foi para casa no fim do expediente, desta vez ‘escoltado’ pelos colegas, que o entregaram a família após uma vida dedicada à segurança pública. A cena foi gravada na terça-feira (4) e o vídeo, que emocionou quem assistiu, repercutiu nas redes sociais.

A 'entrega escoltada' pelo batalhão também foi a maneira escolhida para homenagear o Tenente Delazari, na segunda-feira (3). A ideia partiu justamente da família dele, que junto co

sábado, 1 de julho de 2017

CAUSA PRÓPRIA: Câmara aprova moção de repúdio contra guarda municipal após vereador ser multado


Vereador foi multado por estacionar em local proibido, em cima da calçada e em frente ao acesso de cadeirantes. A moção foi aprovada com 16 votos favoráveis.

Por G1 MT


A agente Steffany Anjos da Silva multou um vereador de Várzea Grande (MT) (Foto: TVCA/Reprodução)

Os vereadores de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, aprovaram em sessão ordinária uma moção de repúdio contra uma agente da guarda municipal depois quem vereador foi multado por estacionar em local proibido. O pedido foi feito durante a sessão da última sexta-feira (28). O pedido foi aprovado com 16 votos favoráveis.

O pedido foi feito depois que a agente Steffany Anjos da Silva multou o vereador Edilei Roque de Cezário (PTC) que estacionou o carro dele embaixo da placa de proibido, em cima da calçada e em frente ao acesso de cadeirantes.

O local onde o vereador estacionou fica próximo da prefeitura, que fica ao lado da Câmara. Ao todo, são cerca de 200 passos até o estacionamento da Casa de Leis, onde o parlamentar tem uma vaga exclusiva.

"Pedi que ele [vereador] retirasse o carro. O que ele fez foi debochar, dizendo que era só um papel e no final da tarde a multa seria retirada do sistema", contou a agente.

O vereador contesta, dizendo que não estacionou em local proibido. "Não estacionei no lugar errado e nem estava sobre a calçada, estava correto", alegou.



Vereador foi multado ao estacionar em local proibido na prefeitura (Foto: TVCA/Reprodução)

O autor do requerimento, no entanto, é o vereador Pedro Paulo Tolares (DEM). Ele alega que é preciso mais diálogo. "Ela [agente] quer fazer cumprir a lei, os rigores da lei. Entendo que em alguns momentos tem de ter diálogo e isso não está ocorrendo", afirmou o parlamentar.

Dos 21 vereadores, 16 votaram a favor da moção de repúdio e cinco se abstiveram de votar.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), a infração é considerada grave e pode gerar R$ 195,23 de multa e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

terça-feira, 27 de junho de 2017

Acampamento de policiais em frente à governadoria já dura três semanas



Há cerca de 20 dias o acampamento dos policiais civis persiste montado em frente à governadoria com a participação de policiais civis da capital e do interior na escala de revezamento. A ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) segue com apoio constante ao acampamento e aguarda, para o próximo dia 3, uma proposta digna de reajuste por parte do Governo do Estado.

“Agradecemos a participação de cada colega que com garra está lutando pela valorização da carreira, enfrentando frio, chuva e até mesmo grandes distâncias para contribuir na manifestação. Certamente a nossa união nos trará a vitória e a avaliação que temos é que o acampamento está cumprindo seu objetivo, pois está recebendo o apoio de toda a sociedade de outras entidades de classe e, sobretudo, está incomodando o governo estadual que a todo momento tenta desqualificar a nossa mobilização. Não desistiremos mesmo diante de todas as dificuldades e não levantaremos acampamento até que o governo estadual cumpra os compromissos firmados conosco”, declarou o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda.

Com informações do Sinpol-MS

Audiência define que concurso da Guarda Municipal deve ser retomado em 30 dias


Grupo de aprovados que aguarda convocação para posse fez campanha de doação de sangue neste fim de semana (Foto: Divulgação)











Audiência conciliatória realizada na tarde de segunda-feira (26) pela 6ª Vara Cível de Dourados resultou no compromisso, assumido pela prefeitura, de apresentar em 30 dias o cronograma de retomada do concurso da Guarda Municipal. Esse termo agora faz parte da ação movida pelo MPE (Ministério Público Estadual) com o objetivo de garantir a posse de 92 candidatos aprovados na prova escrita e nos testes médico e físico realizados em 2016.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Policiais Militares do MS recebem 16º salário do Brasil, graças ao abono.

Os policiais militares do Mato Grosso do Sul recebem o 16º maior salário do país graças ao R$ 200,00 de abono que recebem no salarios. A listagem com valores dos salários pagos a PMs em todos os Estados da Federação e do Distrito Federal foi divulgada neste sábado, após um levantamento feito por jornalistas do G1 com dados, fornecidos pelos governos. Os vencimentos levam em conta o salário-base da categoria mais as gratificações incorporadas a ele, ou seja, comuns a todos os soldados de cada Estado. As vantagens variáveis, que podem ou não ser concedidas, não entram na conta.
Além dos dados fornecidos pelos governos estaduais, a equipe de reportagem também solicitou os valores para as associações de cabos e soldados. Em quase todos os Estados, os valores passados foram exatamente os mesmos.
Os policiais militares do MS recebem R$ 3.556,79. Mais se o governo tirar os duzentão, nosso estado voltara a amargar um dos piores salários do Brasil.


quinta-feira, 15 de junho de 2017

Militares podem deflagrar Operação Tartaruga caso Governo insista em reajuste zero


Militares aguardam nova proposta do Executivo, que hoje chamou o presidente da ACS para nova reunião. (Foto: Adilson Domingos)

Policiais e bombeiros militares decidiram aguardar uma nova proposta do Governo do Estado até o dia 3 de julho, data em que o Executivo prometeu receber, novamente, os servidores. Caso a proposta de reajuste zero seja mantida, uma Operação Tartaruga será deflagrada pela categoria.

A deliberação saiu em assembleia realizada nesta segunda-feira (12), na sede da AOFMS (Associação dos Oficiais Militares de Mato Grosso do Sul). Segundo o presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, que foi chamado para uma reunião hoje com o secretário Eduardo Riedel, a categoria deve aguardar até o dia 10 uma nova proposta do Governo.


“O Governo deve dar uma resposta sobre o reajuste linear até o dia 3. Depois, pediu mais cinco dias para tratar das especificidades, como verticalização e reestruturação das carreiras. Caso a resposta ainda não esteja a contento, a Operação começa no dia 11, como decidiu a assembleia. Se houver uma mudança de posição, uma nova assembleia será chamada para tirarmos novas deliberações”, afirmou.

Após assembleia, policiais e bombeiros cantam hino na porta da governadoria. (Foto: Adilson Domingos)

Ainda conforme Edmar, o deputado estadual Coronel David, ex-comandante da Polícia Militar, tem sido importante para a busca de um consenso entre servidores e Executivo, já que também intercedeu em favor do Sinpol.

Após a assembleia, os militares seguiram até a frente da Governadoria, onde permaneciam acampados, e cantaram o hino nacional juntamente com os policiais civis que seguem no local.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

terça-feira, 6 de junho de 2017

Policiais e bombeiros fecham o trânsito na Governadoria em primeiro manifesto contra reajuste zero



Manifesto de policiais e bombeiros fechou o trânsito na porta da Governadoria. (Fotos: Jeozadaque Garcia)
Manifesto de policiais e bombeiros fechou o trânsito na porta da Governadoria. (Fotos: Jeozadaque Garcia)
Policiais militares e bombeiros realizaram, na tarde desta segunda-feira (05), o primeiro manifesto contra a política de reajuste zero que o governador Reinaldo Azambuja ofereceu ao funcionalismo público. Em ato na porta da Governadoria, que reuniu dezenas de militares, o trânsito foi fechado em uma das vias e o presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) teceu duras críticas ao chefe do Executivo.

sábado, 20 de maio de 2017

Dono da JBS diz que 'esquema' implica Zeca, André e Reinaldo na Lava Jato

Os três últimos governadores de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, André Puccinelli (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB) estão oficialmente implicados nas investigações da Lava Jato. Em depoimento oficial para o acordo de delação premiada, um dos donos da JBS, Wesley Batista, revelou suposto esquema de corrupção envolvendo pagamento de propinas em troca de isenção fiscal para a empresa.

Um dos capítulos da delação de Wesley se refere unicamente a Mato Grosso do Sul. No depoimento, prestado em 4 de maio de 2017 aos membros da Procuradoria-Geral da República Fernando Antonio Oliveira e Sergio Bruno Fernandes, Wesley revelou que funcionaria em MS um esquema de pagamento de propina em troca de redução da alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulacao de Mercadorias e Serviços).
O sistema de distribuição de propinas funcionaria desde o governo de Zeca do PT, passando pela gestão de André Puccinelli (PMDB) e ainda em voga na administração de Reinaldo Azambuja (PSDB).

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Entidades se reúnem novamente e definem estratégias para negociação salarial deste ano

Entidades se reuniram esta tarde em Campo Grande.

Entidades se reuniram esta tarde em Campo Grande.


Entidades representativas dos servidores militares sul-mato-grossenses definiram, nesta
terça-feira (16), as últimas estratégias para as negociações salariais da categoria neste ano.
A reunião foi realizada na sede da AOFMS (Associação dos Oficiais Militares de Mato
Grosso do Sul), em Campo Grande.
Na ocasião, o secretário-adjunto de Administração, Edio Viegas, em contato com os
representantes, confirmou que o Governo deve chamar as entidades entre quinta e
 sexta-feiradesta semana.
Os representantes entendem que a união é importante, tendo em vista que a busca por
valorizaçãosalarial independe de posto ou graduação. O último reajuste concedido aos
policiais militarese bombeiros de Mato Grosso do Sul foi dado em dezembro de 2014.
Além de discutir a questãosalarial, a valorização da categoria deve ser o centro dos
debates, até mesmo depois da reuniãodesta semana.
O aumento foi resultado do aquartelamento feito pelos servidores em maio de 2013, que
garantiu três reajustes no período de um ano e sete meses. Em 2015, o aumento não foi
dado,sob justificativa de que reposição havia sido ‘adiantada’ pela gestão anterior.
 Já no ano passado,um abono de R$ 200 foi dado a todos os servidores, além de correções
nos quinquênios.