quarta-feira, 17 de maio de 2017

Entidades se reúnem novamente e definem estratégias para negociação salarial deste ano

Entidades se reuniram esta tarde em Campo Grande.

Entidades se reuniram esta tarde em Campo Grande.


Entidades representativas dos servidores militares sul-mato-grossenses definiram, nesta
terça-feira (16), as últimas estratégias para as negociações salariais da categoria neste ano.
A reunião foi realizada na sede da AOFMS (Associação dos Oficiais Militares de Mato
Grosso do Sul), em Campo Grande.
Na ocasião, o secretário-adjunto de Administração, Edio Viegas, em contato com os
representantes, confirmou que o Governo deve chamar as entidades entre quinta e
 sexta-feiradesta semana.
Os representantes entendem que a união é importante, tendo em vista que a busca por
valorizaçãosalarial independe de posto ou graduação. O último reajuste concedido aos
policiais militarese bombeiros de Mato Grosso do Sul foi dado em dezembro de 2014.
Além de discutir a questãosalarial, a valorização da categoria deve ser o centro dos
debates, até mesmo depois da reuniãodesta semana.
O aumento foi resultado do aquartelamento feito pelos servidores em maio de 2013, que
garantiu três reajustes no período de um ano e sete meses. Em 2015, o aumento não foi
dado,sob justificativa de que reposição havia sido ‘adiantada’ pela gestão anterior.
 Já no ano passado,um abono de R$ 200 foi dado a todos os servidores, além de correções
nos quinquênios.

'Arranca a pele e esmaga os seus ossos', cantam policiais do Paraná em vídeo viral

Em menos de dois meses, imagens tiveram mais de 222 mil visualizações; PM diz que canções não 'determinam a formação e nem a conduta' dos soldados.