terça-feira, 12 de junho de 2018

Dourados tem o 3º pior efetivo policial de Mato Grosso do Sul

Defasagem é de 45% do total do efetivo. Faltam aproximadamente 570 praças e 30 oficiais para Dourados e região

Por: Valéria Araújo - 
A cidade de Dourados só perde em defasagem policial para o 6º Batalhão da PM de Corumbá e a 2ª Companhia Independente de Polícia Militar de Maracaju - Foto: Marcos Ribeiro

A cidade de Dourados tem o terceiro pior efetivo da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, em relação ao índice populacional. A defasagem é próxima a 45%. Enquanto deveria ter cerca de 500 praças e 20 oficiais, o Batalhão de Dourados conta com menos de 300 praças e 8 oficiais, que são responsáveis hoje por atender numa área de 4.086,237 quilômetros quadrados e com uma população de 283.904 habitantes. Isso quer dizer que existe um policial militar para cada 960 habitantes. Os dados constam em relatório do Conselho Institucional de Segurança Pública de Dourados (Coised), que tem mobilizado as bancadas estadual e federal para que façam gestões para que os problemas da segurança pública sejam sanados.

A falta de efetivo preocupa ainda mais as forças policiais, tendo em vista que Dourados está em fase de implantação uma nova Unidade Operacional, a 9ª Companhia Independente para atendimentos na região oeste da cidade e por essa razão também precisará de efetivo. Por essa razão o efetivo da Pm deveria ser de 570 praças e pelo menos 30 policiais.

domingo, 10 de junho de 2018

Idoso volta à PM do Rio quase 40 anos após ter sido expulso

Nilson voltou a vestir a farda da PM 37 anos após ter sido expulso FOTO:

Foram 37 anos sem vestir a farda da Polícia Militar. Nessa sexta-feira, o idoso Nilson Gomes se emocionou ao voltar a colocar o uniforme que havia usado por mais de uma década. O militar de 72 anos, que tinha sido expulso da PM do Rio em 1981, conseguiu ser reintegrado à corporação no fim do ano passado por decisão judicial. Ele foi homenageado na manhã desta sexta no 9º BPM (Rocha Miranda), unidade na qual era lotado ao ser expulso.

Ao ser reintegrado, Nilson foi transferido de imediato para a reserva remunerada e classificado como soldado, sua patente antes de ser excluído. Ele foi aposentado por invalidez.

ACS reúne diretoria e ouve propostas de pré-candidatos nas eleições de outubro


A diretoria executiva da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) passou o dia em reuniões internas e com alguns pré-candidatos nas eleições de outubro.

Pela manhã, os diretores Regionais se reuniram com a diretoria Executiva da Capital para um balanço e apresentação de resultados dos primeiros 70 dias da atual gestão, bem como apresentação de novas pautas de suas bases.

No período da tarde, os diretores receberam alguns pré-candidatos, todos representantes da categoria: Cel David, CB Almi, ST Arruda, TC Ezequiel, TEN Mônaco, SGT Elmo, SGT Betânia, Cel Alírio.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Sai lista de beneficiados com isenção em concursos da PM e Bombeiros

Tropa em formatura no Cefap (Centro de Ensino, Formação e Aperfeiçoamento de Praças) (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Tropa em formatura no Cefap (Centro de Ensino, Formação e Aperfeiçoamento de Praças) (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)
O governo estadual divulgou hoje (24) a lista dos candidatos que conseguiram isenção no pagamento da taxa de inscrição nos concursos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, nos cargos de soldados e oficiais. Para ter direito a esta gratuidade precisa cumprir critérios sócio-econômicos ou estar em grupos que foram contemplados por este benefício.

Têm direito à isenção pessoas desempregadas e trabalhadores que ganham até 3 salários mínimos (R$ 2.862). Também pessoas que fizerem declaração de pobreza e ainda doadores voluntários de sangue que tenham feito a coleta pelo menos 1 vez a cada seis meses nos últimos 2 anos e apresentem atestado emitido por instituição da Hemorrede MS.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

ACS realiza evento em comemoração ao Dia das Mães



Mães foram homenageadas pela ACS nesta quarta-feira. (Foto: Altagno Neto)

Como forma de valorizar policiais femininas mães, pensionistas e esposas dos sócios, a ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) realizou, na noite desta quarta-feira (10), um evento em comemoração ao Dia das Mães, que, este ano, será celebrado no próximo domingo (13).

>> CONFIRA AQUI AS FOTOS DO EVENTO

Na ocasião, a entidade sorteou brindes entre as participantes, ofereceu um coffee break e ainda promoveu uma palestra com a psicóloga Estefânia Bojikian Sarubbi, mestre em Psicologia e professora da Unigran Capital.

“Fomos eleitos para promover justiça social, e uma das maneiras é através da integração e socialização dos nossos associados. Esse evento possui um cunho social, e não poderíamos deixar passar uma data tão importante em branco”, afirmou o presidente da ACS, Mário Sérgio Flores do Couto.

O evento, realizado no auditório da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), contou com a presença de cerca de 30 participantes. Ainda marcaram presença o vice-presidente da entidade, Aparecido Lima da Rocha, e os diretores Valdeci Salustiano, Luciano ‘Onça’ e Ramão Cristino Benites.

“A mãe é a célula mater de toda a sociedade. Em virtude disso, promovemos esse evento, o primeiro deles. Depois de 33 anos, queríamos valorizar nossas mães, seja pensionista, esposa de policial ou as policiais femininas, ativas e inativas. Esse foi o nosso objetivo”, finalizou a psicóloga Alícia Couto, organizadora do evento.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Regime Especial: Trabalho será voluntário por período de 12 horas

Policial será indenizado para trabalhar durante a folga. (Foto: Jeozadaque Garcia/Arquivo)

Policial será indenizado para trabalhar durante a folga. (Foto: Jeozadaque Garcia/Arquivo)
O Regime Especial de Trabalho, projeto que prevê a compensação financeira
 para o policial militar ou bombeiro que for chamado para trabalhar em sua folga,
será opcional para o militar. 
Pela proposta que deve chegar em breve à Assembleia Legislativa, os servidores poderão, 
“de forma voluntária, serem empregados no exercício da função pública mediante 
contraprestação pecuniária”.


O vice-presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e
Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), Sargento Aparecido Lima da Rocha,
teve acesso a cópia da minuta do projeto.
Pelo texto, o policial poderá se voluntariar à prestação do serviço especial para
o período de 12 horas, desde que respeitado o intervalo mínimo de 12 horas de descanso
em qualquer atividade que esteja empregado, salvo àquela de natureza administrativa.



O valor da indenização, para oficiais, será de 14 UFERMS (Unidade Fiscal Estadual 
de Referência de Mato Grosso do Sul) -R$ 359,38 em valores atuais. 
Já para o praça, o valor será de 10 UFERMS -256,70 por período.





Jeozadaque Garcia


Assessoria de Imprensa da ACS





sábado, 28 de abril de 2018

Renato Câmara cria medalha em homenagem aos agentes de segurança pública de Dourados

Foi publicado no Diário Oficial de quinta-feira (19), a Resolução 5/2018, que cria a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo em homenagem aos Agentes da Segurança Pública do município de Dourados em comemoração a Semana Estadual da Segurança Pública. A proposta é de autoria do deputado estadual Renato Câmara (PMDB).

Conforme o autor da proposta, a honraria é destinada às pessoas físicas que notoriamente são consideradas agentes da segurança pública em Dourados, que prestam ou prestaram relevantes serviços à população.

A concessão da Medalha de Honra será de competência exclusiva da Assembleia Legislativa e serão entregues em Sessão Solene realizada pelo Legislativo Estadual.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Precatórios: Sócios devem entrar em contato com a ACS para cadastrar dados

Resultado de imagem para precatorios

A ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) reforça aos associados ainda não cadastrados, que aguardam pagamento dos precatórios das ações Wilson Barbosa e Etapa Alimentação, a necessidade de entrar em contato com a entidade, COM URGÊNCIA, para cadastramento dos seguintes dados: CPF, PIS/PASEP e número da conta.

O sócio deve procurar a Sede em Campo Grande pelo telefone (67) 3387-8501, ou entrar em contato com o diretor Regional mais próximo (confira AQUI a lista de diretores). Os precatórios das ações serão depositados diretamente na conta dos associados que integram os processos.


Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Professor e policial: principais vítimas do trabalho que adoece a mente

"É um ser humano e precisa ser ouvido", diz psicóloga, que atende policiais e bombeiros na ACS.

“É um ser humano e precisa ser ouvido”, diz psicóloga, que atende policiais e bombeiros na ACS.

Os transtornos mentais relacionados ao trabalho têm como vítimas preferenciais professor, policial e agentes de saúde.

A prefeitura de Campo Grande registrou no ano passado 1.297 afastamentos de servidores por doenças psiquiátricas. Em 2013, o número foi ainda maior: 1.429 servidores. As categorias com maior índice de doenças psiquiátricas são professores e agentes comunitários de saúde.

“Um dos grandes problemas é a indisciplina, que gera bastante ansiedade, desencadeando uma série de problema psicológicos, emocionais”, afirma o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais de Educação Pública), Lucílio Souza Nobre.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Cabo Couto e Sargento Aparecido Lima se reúnem com pré-candidata


Presidente e vice se reuniram com pré-candidata. (Foto: Altagno Neto)

Presidente e vice se reuniram com pré-candidata. (Foto: Altagno Neto)


A ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de
Mato Grosso do Sul) recebeu, na manhã desta terça-feira (17), a visita da 3º SGT 
PM Betânia Kelly Rodrigues, pré-candidata a deputado estadual nas eleições deste ano.