quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

ELEIÇÃO ACS - CB.Couto e SGT.Aparecido prometem priorizar valorização salarial e promoções da categoria

Com objetivo de fortalecimento da categoria, com a chapa 11, o CB.Couto e o SGT.Aparecido Lima, disputarão eleição na sede das ACS (Associação e Centro Social de Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), de todo Estado e em algumas companhias, no próximo dia 23 de fevereiro, das 07:00 ás 16:00 horas.

De acordo com o candidato a presidente, CB . Mario Sérgio Flores do Couto, esta eleição representará mais uma etapa no processo de fortalecimento dos militares que vem acontecendo nos últimos anos, desde que PMs e Bombeiros resolveram lutar pela revisão do Estatuto dos Militares e pela Reestruturação Salarial dessas duas carreiras de servidores estaduais.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Falta de policiais afeta 50% das chamadas na PM de Dourados


No pátio da PM, oito viaturas estariam paradas por falta de policiais, segundo denuncia da Associação ao Ministério Público Estadual e OAB de Dourados

Aparecido Lima, presidente da Associação dos PMs e Bombeiros, protocolou denuncia no Ministério Público

O município de Dourados tem um déficit de no mínimo 300 policiais militares, o que estaria afetando cerca de 50% das ocorrências e solicitações que chegam da população via serviço 190 nos finais de semana.

São cerca de 150 ligações diárias entre sexta-feira e sábado e a PM só consegue atender aquelas com maior potencial ofensivo.

As informações são da Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul (ACS/PMDM/MS), que na última quinta-feira acionou o Ministério Público Estadual e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Dourados) para denunciar o baixo efetivo em Dourados.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Dourados: Por risco de vida dos policiais, ACS denuncia falta de efetivo

A ACS (Associação e Centro Social de Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) denunciou aos órgãos competentes o que classificou como “precariedade de segurança” na região do 3º BPM (Batalhão de Polícia Militar), em Dourados. As mazelas ocorrem tanto no policiamento ostensivo, quanto no serviço de escolta

de hospitais e, ainda na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), onde um drone foi abatido recentemente sobrevoando a unidade.


“Temos uma população aproximada de 230 mil habitantes, uma das maiores penitenciárias do Estado, diversos distritos e comarcas pertencentes ao 3º Batalhão, sendo muitos deles atendidos apenas por um policial, colocando em risco sua vida e de terceiros”, diz trecho do documento, assinado pelo vice-presidente da ACS, Ramão Cristino Benites, e pelo Diretor Regional de Dourados, Aparecido Lima da Rocha.


As denúncias foram levadas ao MPE (Ministério Público Estadual), OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) e a Vara de Execuções Penais de Dourados. Em seu teor, o documento ainda elenca uma série de problemas que os policiais do 3º Batalhão enfrentam.



Diretor Regional de Dourados e vice-presidente da ACS, Aparecido Lima e Ramão Cristino. (Foto: Divulgação)

“Atualmente, apenas três viaturas da Rádio Patrulha vêm realizando rondas em nosso município, com dois policiais cada. A penitenciária tem apenas uma torre de vigilância funcionando, tendo que retirar uma viatura de rua para apoio”, continua, em outro trecho.

“Temos duas equipes nos serviços de apoio e atendimento às ocorrências de maior gravidade, Tático e Getam, porém, é insuficiente, pois temos presos internados em diversos hospitais, sendo necessária a retirada de viaturas de Rádio Patrulha para fazer as escoltas”, segue.

Por fim, a ACS alerta as autoridades para o risco que os policiais correm no trabalho. “Salientamos a necessidade de aumento do efetivo, pois há risco de vida para os policiais e a sociedade”, finaliza.


Jeozadaque Garcia

Assessoria de Imprensa da ACS

domingo, 28 de janeiro de 2018

Publicada regras de concurso com 650 vagas da PM e Bombeiros em MS

O Governo do Estado, através da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), publicou na edição desta quinta-feira (25), a composição da Comissão que ficará responsável pela organização do Concurso Público para provimento de 450 vagas na Polícia Militar e 200 vagas para o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul.

A comissão organizadora destinada à seleção de pessoal para o Corpo de Bombeiros será composta da seguinte forma: Paulo Victor dos Santos Oliveira (presidente), Cel. QOBM Sérgio Carlos Barbosa (vice-presidente), Maj. QOBM Carla Rouledo Moretti Leite (membro), Leonia Inês da Cruz Pavão (membro), Cel. QOBM Luiz Antônio de Mello (membro), Maria Lucélia Pereira Lima (membro), e Solanir Faria Brito Correa (membro).

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Com algemas nos punhos, policiais civis se apresentam para serem presos em Natal.


Em greve desde o último dia 20 de dezembro, policiais civis do Rio Grande do Norte se apresentaram na Delegacia Geral de Polícia na manhã desta quarta-feira (3) em Natal para serem presos. O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte considerou o movimento ilegal e determinou a prisão de policiais da ativa e da reserva que incentivem, promovam ou defendam a greve.

Durante a tarde desta terça-feira (2), em assembleia, os policiais decidiram que permanecerão trabalhando em regime de plantão, mesmo diante da possibilidade de serem presos. Por causa da greve, apenas as delegacias de plantão e as regionais funcionam no estado.

A categoria cobra o pagamento dos salários de novembro, dezembro e do 13º. Sem policiamento, houve aumento da violência no estado. O governo federal enviou 2,8 mil homens e mulheres das Forças Armadas para reforçar a segurança no estado no último fim de semana.

policiais civis do Rio Grande do Norte se apresentaram na Delegacia Geral de Polícia, na manhã desta quarta-feira (3), em Natal, para serem presos (Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi)

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Edmar critica número de vagas em concurso da PM e BM: “Extremamente insuficiente”

Em entrevista ao SBT-MS, veiculada nesta terça-feira (26), o presidente da ACS 
(Associação e Centro Social de Policiais Militares e Bombeiros Militares de 
Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, criticou o número de vagas para
 o concurso público de provas e títulos para ingresso nas carreiras de praças e 
oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Segundo ele, “a segurança 
pública não está sendo tratada com o devido valor”.


“O número é extremamente insuficiente. A segurança pública não está sendo
 tratada com o devido valor e chega ser engraçado lançar um concurso com 
388 vagas para soldado da Polícia Militar. Somente nos três anos da atual
 administração, algo em torno de 1,5 mil policiais foram para casa”, afirmou.
Confira a reportagem:

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Concurso para PM e bombeiros deve ser publicado nos próximos dias com 650 vagas

Resultado de imagem para concurso pm ms


O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou, na manhã desta sexta-feira (8), que deve ser publicado nos próximos dias o edital de concurso para a Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros. A previsão é de 650 vagas, sendo 400 para policiais militares e 250 para bombeiros.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Por 4 a 1, CCJ aprova reforma da Previdência, que vai para votação

Proposta do governo passou com 24 emendas; a principal delas, ‘parcela’ o aumento da contribuição previdenciária
Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha

Deputados da CCJ reunidos para dar parecer sobre projeto da reforma da Previdência estadual (Foto: Leonardo Rocha)

Com 4 votos favoráveis e 1 contra, a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou a reforma da Previdência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul. Os cinco deputados da CCJ aprovaram também 24 emendas parlamentares propostas durante e rejeitaram duas.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Presidente e diretor Regional da ACS recebem a “Medalha Coronel PM Adib Massad”


O presidente da ACS (Associação e Centro Social da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, e o diretor Regional da Entidade em Dourados, Aparecido Lima, foram agraciados com a “Medalha Coronel PM Adib Massad”.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Dourados tem dez PMs para cuidar de 210 mil pessoas

No final, sobram apenas 10 policiais militares para compor equipes de 4 rádiopatrulhas (Foto: Hédio Fazan)

No final, sobram apenas 10 policiais militares para compor equipes de 4 rádiopatrulhas (Foto: Hédio Fazan)

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul alertou ontem que o 3o Batalhão da Polícia Militar de Dourados tem apenas 10 policiais para o serviço de rádiopatrulha por dia, que é o policiamento ostensivo que cabe à PM. Pelos números da associação, isso ocorre porque de um efetivo total de 350 homens, apenas um terço fica em serviço no sistema de plantão 24h por 48h, o que reduz o total de policiais atuando para apenas 117. "São quatro unidades de rádiopatrulha por dia, o que dá uma viatura para cada grupo de 53 mil habitantes", alerta Edmar Soares da Silva, presidente da ACS Estadual.