terça-feira, 22 de outubro de 2013

“Eu dei essa brecha, bebi e acabei fazendo essa graça”, diz acusado de espancar bebê até a morte em Dourados



“Eu dei essa brecha, bebi e acabei fazendo essa graça”, diz acusado de espancar bebê até a morte em Dourados Davidson, que a princípio negou o crime dizendo que o enteado havia caído, acabou confessando Foto: Reprodução TV MS Record Davidson disse que nunca tinha batido na criança e que só agiu assim porque estava bêbado Um bebê de apenas um ano e oito meses foi espancado até a morte, pelo padrasto em Dourados. O bebê chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu às agressões. A polícia foi até a casa onde a criança foi espancada. Uma toalha ainda estava molhada quando a delegada fez a vistoria. Provavelmente foi usada para secar o bebê depois das agressões. O acusado teria lavado para tentar
esconder vestígios de sangue. A mãe foi trabalhar e deixou o padrasto cuidando do bebê. O homem deixou o enteado dormindo sozinho em casa e saiu para beber. Quando voltou foi dar banho na criança e como estava embriagado caiu por cima de Bryan que começou a chorar. Foi então que ele começou a bater no bebê. Em depoimento Davidson Correia dos Santos de 25 anos, primeiro disse que foi um acidente. Só depois confessou o crime. Ele está preso no 1º Distrito Policial. Foi indiciado por homicídio triplamente qualificado. “Ele infelizmente deu soco, pontapé e devido a essas agressões a criança ficou agonizando com a chegada do Samu foi feita imediata encaminhamento ao Hospital da Vida e os médicos plantonista já constatara que houve um espancamento e o óbito da criança ”, diz a delegada, Andreia Alves Pereira. Davidson disse que nunca tinha batido na criança e que só agiu assim porque estava sob efeito de bebida alcoólica. “Eu dei essa brecha, faz tempo que eu não bebia e acabei fazendo essa graça”, diz o acusado. Esta é a segunda criança que morre este mês em Dourados depois de ser espancada. No dia primeiro de outubro um flanelinha foi preso acusado de bater em um bebê que morava na casa dele. (Com colaboração Miriam Névola, TV MS Record) Veja relacionada:
fonte:grandefm dourados

0 comentários :

Postar um comentário