sábado, 2 de novembro de 2013

Bope busca suspeitos de matar criança e PM em tentativa de resgate no Rio


Integrantes do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e do 14º BPM (Batalhão da Polícia Militar) do Rio de Janeiro fazem, na manhã desta sexta-feira (1º), uma operação para prender os envolvidos na invasão do Fórum de Bangu, na zona oeste da capital fluminense, na tarde de quinta-feira (31), que deixou um menino de oito anos e um PM mortos. A operação acontece nas comunidades Vila Vintém, Curral das Éguas, Minha Deusa e Sete Sete, todas na zona oeste. A operação envolve 45 homens e dois veículos blindados e, até as 15h, havia detido sete pessoas, sendo um menor de idade. Não há confirmação de que os suspeitos tenham relação com o ataque ao fórum. A ocorrência foi registrada na 34ª DP (Bangu). De acordo com o 14º Batalhão de Polícia Militar (Bangu), ao menos quatro criminosos armados com fuzis entraram no fórum na quinta para tentar resgatar os detentos Alexandre Bandeira de Melo
, 41, conhecido como Piolho do 18, e Vanderlan Ramos da Silva, 30, o Chocolate, que participavam de audiência no local. Alexandre Bandeira responde pelos crimes de homicídios, porte ilegal de arma, roubo e tráfico de drogas, e Vanderlan Ramos, por tráfico de drogas. De acordo com a PM, houve troca de tiros entre criminosos e policiais militares que fazem a segurança do lugar. Uma criança ia com a avó para a escola de futebol quando foi atingida por um tiro de fuzil. Um policial que estava dentro do fórum também foi morto. Um outro agente ficou ferido e passou por cirurgia. Segundo o Corpo de Bombeiros, o menino de oito anos, que foi baleado, já estava sem vida quando o socorro chegou ao local, por volta das 17h20. Ainda segundo a polícia, outras duas pessoas ficaram feridas, entre elas mais um policial militar. Eles foram levados para o hospital Albert Schweizer, em Realengo, também na zona oeste. A Secretaria Estadual de Saúde informou que o PM está na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), e os quadro dos dois feridos é estável. Imagens A DH (Divisão de Homicídios) analisa imagens de circuito de segurança que registram alguns dos bandidos que invadiram o Fórum. Em nota, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, informa que solicitou a transferência dos dois detentos para presídios federais, "considerando a audácia e as consequências que a ação provocou". Até as 8h30, a Seap (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária) não havia recebido do pedido. O Tribunal de Justiça do Rio informou que o fórum não vai funcionar nesta sexta-feira porque uma perícia técnica será realizada no local. "Todos os prazos dos processos em tramitação serão suspensos", diz a nota. O policiamento está reforçado nas imediações. Aumento em casos de homicídio Levantamento do ISP (Instituto de Segurança Pública) divulgado na quarta-feira (30) aponta que o número de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no Estado do Rio teve aumento 38% em agosto, em comparação ao mesmo mês do ano passado. Foram registrados 406 casos em 2013 ante 294 em 2012. A Polícia Militar informou em nota que o aumento no número de ocorrências criminais no Estado ocorreu "em áreas onde PMs foram deslocados para atuar em manifestações que terminaram em violência". "O patrulhamento ostensivo acabou sendo prejudicado", diz o texto.
Fonte: http://policialbr.ning.com/profiles/blogs/bope-busca-suspeitos-de-matar-crianca-e-pm-em-tentativa-de-resgat?xg_source=msg_mes_network#ixzz2jWuJdjEy

0 comentários :

Postar um comentário