sábado, 18 de julho de 2015

Policial de MS recebe recado na web de jovem que debocha da polícia


O policial militar da reserva de Mato Grosso do Sul Geter Ostemberg, de 48 anos, recebeu em sua página do Facebook mensagens enviadas pelo jovem de 21 anos procurado por fazer ameaças e debochar de policiais nas redes sociais. Durante buscas da polícia, o irmão dele foi preso por tráfico de drogas.

Em uma das mensagens, o suspeito diz "Aqui no Noroeste não tem polícia e eu que mando", fazendo referência ao bairro de Campo Grande na saída para Três Lagoas. Em outro recado, o jovem demonstra saber que Ostemberg é policial da reserva e fala para o militar pedir demissão porque "A PM não tá cm nada (sic)".
Em postagem, suspeito diz para PM pedir
demissão (Foto: Reprodução/Facebook)

Ao G1, o policial diz que estranhou o conteúdo das mensagens.

"Na minha página do Facebook, eu aceito todo mundo, então acabei aceitando ele mesmo sem conhecer. Quando vi aquilo [primeira mensagem] até estranhei. Depois disso, ele mandou outras vezes. Não respondi a nenhuma das provocações e até curti para que as pessoas vissem aquilo", explicou.

Apesar do tom de intimidação, o policial diz que não se sentiu ameaçado pelas mensagens do rapaz. "Acho que ele falou de maneira geral da polícia. Não fez uma ameaça direcionada a mim. Por isso, acompanhei as postagens que ele fez na página dele mesmo, mas não curti. Continuei amigo dele na internet para ajudar os colegas que já estavam monitorando ele", justificou.

Em seguida, Ostemberg disse que encaminhou as mensagens para colegas de profissão investigarem o caso. "As pessoas perguntam porquê eu curti, mas foi para mais pessoas verem e também para ver o que ele falava. Teve uma das mensagens que ele ainda comentou e eu printei também", relatou.
saiba mais

O policial diz que usa a página na internet para diversão, onde posta piadas e coisas de humor, por isso, não esperava receber mensagens intimidadoras como aconteceu. Ele também acredita que a participação na rede social não representa risco a ele.

"Foi a primeira vez que tive experiência assim. Não uso a página para fins de trabalho, mas mesmo assim na minha foto do perfil estou fardado e não acho que isso seja perigoso. Perigo existe em todo lugar e a gente sempre vai estar exposto. Hoje em dia, se a pessoa quiser fazer mal para gente, consegue, seja pela internet ou não. Acredito que esse rapaz provavelmente não tenha medo da polícia", ponderou.

http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2015/07/policial-de-ms-recebe-recado-na-web-de-jovem-que-debocha-da-policia.html

0 comentários :

Postar um comentário